Quem sou eu

Minha foto
São Carlos, SP, Brazil
Sou alguém que,ao conhecer a fé raciocinada,pôde realmente compreender as vontades de Deus e os ensinamentos do Cristo,embora seja ainda errante,tenho vontade de aprender cada dia mais. "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim." ( Chico Xavier ) Sejam todos bem vindos!!!

terça-feira, 10 de agosto de 2010

SENTIMENTO A FORÇA DO ESPÍRITO 2/13


Sentimento a força do espírito

Já falamos sobre o ORGULHO

Hoje vamos falar sobre a OCIOSIDADE
A paralisia mental causa a fixação do pensamento,aprisionando o Espírito no tempo e no espaço.Congela a oportunidadde de progresso obstruindo os canais espirituais para um entendimento,que lhe poderia proporcionar mudanças.As fixações mentais promovem as repetições de pensamentos,levando o ser a repetir e estagnar ações.
O sentimento acrisolado na consciência define o padrão de vida do Espírito ocioso. Nesse caso percebe-se a própria falta de identidade espiritual.
Os pontos de fixação mental causam ao espírito grandes danos, não lhe permitindo caminhar na progressividade do pensamento ligado a Jejus.O bem é o trabalho que deve atender e alcançar a todos, mas nem sempre isso acontece.Quando um espírito se fixa em quadros deliberados pela consciência doente, há uma estagnação do pensamento,o que gera uma distância entre a consciência e a vontade.
A personalidade fica estática, magnetizada pelo fluxo mental que retrai toda a estrutura mental expressão, criando uma vibração circular.Esta, ativa os painéis descompassados da vontade enfraquecida ou rntorpecida pelos sentimentos em desalinho e não deixa a razão participar do trabalho de mudança.
Na vida há inumeros contrastes e Jesus nos demonstrou o valor do trabalho para motivação e evolução das idéias.
"O trabalhador da última hora tem o direito ao salário, mas é preciso que sua vontade tenha estado á disposição do senhor que devia empregá-lo, e que esse atraso não seja fruto da preguiça ou da má vontade"(Evangelho segundo o espiritismo, cap.XX)
Allan Kardec no livro dos Espíritos na pergunta 674 esclarece sobre a importância do trabalho:
"-A nescessidade do trabalho é uma lei da natureza?
R: O trabalho é uma lei natural, por isso mesmo é uma nescessidade. A civilização obriga o homem a trabalhar mais, porque aumenta suas nescessidades e seus prazeres."




Imagem: http://images.google.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails